X

Notícias

11abr

Angola quer mais investimento alemão no Sector energético

| Return

O Ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges participou de 9 a 10 a Abril no Diálogo de Transição Energética de Berlim 2019, com o enfoque sobre a “Geopolítica na éra das energias renováveis”.

Angola veio à busca de parcerias e captação de financiamentos, que visam melhorar a produção e distribuição de energia, o abastecimento de água às comunidades mais recônditas, bem como mitigar a seca no Sul do país.   

Durante a estada em Berlim, o Ministro co-presidiu com a Secretária de Estado das Relações Exteriores, a mesa redonda sobre parceria de energia angolano-alemã, promovida pela Afrika Verein, tendo apresentado “Os Marcos e Opções Futuras do Sector Energético Angolano”.  

A Alemanha quer participar activamente no processo de desenvolvimento de Angola e para isso quis auscultar as reais necessidades do sector energético.o que deu lugar a encontros bilaterais com a Secretária de Estado do Ambiente, Schawarzelühr -SUTTER e com o Director de Departamento de Águas Subterrâneas, Thomas Himmelsbach.

À margem das conferências, a delegação angolana reuniu com vários grupos empresariais alemãs e não só, que possuem tecnologia de ponta e se predispõem a formar os angolanos, com a construção de centros nos projectos em execução.

Foram também efectuadas visitas às empresas do ramo, como a Academia RENAC, um dos principais centros de treinamento em energia renovável e eficiência energética, a Sunfarming e a fábrica de turbinas à gás da Siemens. 

O ministro fez-se acompanhar pelo Embaixador de Angola na República Federal da Alemanha, Alberto Correia Neto, pelos Directores Carlos Gil, Kiala Pierre e José Salgueiro, responsáveis pelos gabinetes de Intercambio Internacional, Planeamento Estratégico e Estatística e funcionários da missão diplomática em Berlim.


 

 

 

 

Attachments

  1. 20190409_091131.jpg 12/04/2019 20:29:00

Related

PARLAMENTO DE ANGOLA

Visitar
 

BANCO NACIONAL DE ANGOLA

Visitar
 

LINKS ÚTEIS

Visitar