X

Notícias

17jun

CNUCED e UE formam quadros no sector da madeira e mel

Economia | | Return

Técnicos dos sectores da madeira e do mel das províncias do Moxico, Luanda, Uíge, Cabinda, Huambo, Bié, Lunda Sul, Cuando Cubango e Cunene participam desde hoje, no Luena, numa formação sobre novas ideias para promoção e desenvolvimento destes produtos.

Com a duração de cinco dias, a acção formativa, que conta com o apoio da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento CNUCED e da União Europeia, tem por objectivo aumentar as capacidades de análise das políticas nacionais, incluindo temas de harmonização e certificação de produtos “verdes”.

Transferir conhecimentos transversais sobre progresso nos produtos verdes, certificação e processos de exportação para o mel e a madeira, constitui igualmente objectivo da formação.

O encontro está a abordar temas como “Oficina participativa para mapeamento de incentivos e barreiras locais”, “Mel e madeira em Angola”, “Políticas de fomento”, “Exportação de mel e da madeira”, “Produtos verdes, mudanças climáticas” e “Estratégias para a agregação de valor”.

No acto de abertura, o representante da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (CNUCED), Henrique Pacini, disse que o evento se enquadra na componente de formação de quadros para o Comércio II “ACOM” e visa ajudar Angola e seus participantes a desenvolver produtos, métodos e ideias novas para desenvolver mercados de exportações.


O representante do CNUCED avançou que a iniciativa que conta com a participação de madeireiros, apicultores, responsáveis dos bancos comerciais, empresários, efectivos da Polícia Nacional e visa aumentar renda, diminuição da pobreza e desenvolvimento local para Angola.


Quanto ao aproveitamento do mel e a madeira, frisou que se pretende agregar ideias e conhecimentos para descobrir formas positivas para a natureza, a fim de resultar no dinamismo do sector para dar mais emprego e posterior desenvolvimento económico no país.  

Henrique Pacini afirmou que a sua instituição tem apoiado igualmente projectos no Empreendedorismo, logísticas, economias criativas, diplomacia comercial entre outras acções de impacto socioeconómico.  

Ao enaltecer a a iniciativa da CNUCED, o vice-governador do Moxico para o sector Político, Económico e Social, Carlos Alberto Masseca, augurou que o encontro seja uma oportunidade para os participantes pesquisarem e investirem também na pesca continental e cogumelos que abundam na região.   

O programa de Formação de Quadros para o Comércio II é um convénio do Governo de Angola e a CNUCED, com apoio da União Europeia, cujo primeiro encontro foi realizado, no ano transacto, em Luanda, direccionado aos técnicos do Ministério do Comércio.

O worshop sobre revisão nacional de exportações verdes de angola é uma programação conjunta União europeia, CNUCED e do Projecto apoio ao Comércio (ACOM).

Attachments

Related

PARLAMENTO DE ANGOLA

Visitar
 

BANCO NACIONAL DE ANGOLA

Visitar
 

LINKS ÚTEIS

Visitar