X

Notícias

28jun

Executivo cria condições para aumentar produção nacional

Economia | | Return

O Executivo angolano está um apostador na promoção da dívida nacional, através da concessão de uma contribuição ao sector privado, com taxas bonificadas, de modo a aumentar uma produção, garantido hoje o ministro do Desenvolvimento Económico, Manuel Nunes Júnior.

O objectivo, com a criação de novas iniciativas, disse, é produzir as oportunidades e fortes, com vista a uma trajectória de crescimento económico, interrompida em 2014.

“Quando os agentes não têm um mercado, não há investimentos para uma produção de bens e serviços, como não houve um crescimento econômico e nem prosperidade”, afirma o governante, quando discursava na abertura do IX Fórum da Banca, sob o lema “Como reformas e desafios da Banca Angolana ”.

Para tal, continuou, a aprovação este ano do OGE totalmente equilibrado e com saldo fiscal igual a zero, a implementação de uma taxa de juro para os empresários que não exceda os 7,5 por cento e suportado 75 por cento pelo Banco de Desenvolvimento de Angola, constam das medidas de incentivos que estão a ser aplicadas na cadeia produtiva nacional, para promover a produção dos 54 bens estabelecidos como prioridade no Prodesi - Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações.

O governante afirmou que em qualquer economia em funcionamento corrente há dois fluxos, o da economia real, que corresponde a produção de bens e serviços e o monetário financeiro, que serve para transaccionar os bens e serviços produzidos.

Para um bom funcionamento de qualquer economia, disse ser importante o meio entre os dois fluxos.

Manuel Nunes Júnior, que é um programa de expansão para uma plateia, que aderiu ao fórum da Banca, numa iniciativa do jornal Expansão, subalcês que uma taxa alta de câmbio e uma forte inflação afectam uma esfera de produção de bens e serviços e causa uma perda de confiança dos agentes económicos no mercado e aumenta a taxa de juro.

Por esta razão, que aumentam a taxa de juro no mercado nacional, tendo em vista a substituição e a promoção da moeda, elevam os postos de trabalho, as empresas de investimento, a tecnologia e o “know how”.

Attachments

Related

PARLAMENTO DE ANGOLA

Visitar
 

BANCO NACIONAL DE ANGOLA

Visitar
 

LINKS ÚTEIS

Visitar