X

Notícias

05jul

Vice-Presidente visita locais históricos no Zaire

Cultura | | Return

A visita aos locais históricos enquadra-se na jornada do FestiKongo, que inclui entre outras actividades workshops e exposições.

O evento vai contar com a participação de homens das artes e cultura de Angola, Gabão e dos Congos Democrático e Brazaville.

O Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa, encontra-se desde quinta-feira na cidade de Mbanza Kongo, capital da província do Zaire, para presidir hoje (sexta-feira), a abertura da primeira edição do Festival Internacional da Cultura e das Artes Kongo (FestiKongo), a acontecer até dia 8 deste mês.

Durante a sua permanência em Mbanza Kongo, Bornito de Sousa vai orientar a III Reunião Ordinária da Comissão Nacional Multissectorial para a Salvaguarda do Património Cultural Mundial.

A referida comissão, criada pelo Presidente da República em Março de 2018, visa promover a implementação de programas de conservação e a gestão participativa do património cultural.

Da agenda da reunião consta, também, a análise do Plano Estratégico de Desenvolvimento para os Centros Históricos e do relatório síntese sobre a implementação das recomendações da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) sobre o Centro Histórico de Mbanza Kongo.

Inserido nas festividades do dia da cidade de Mbanza Kongo, que se assinala a 8 de Julho, o FestiKongo corresponde a uma das nove recomendações da UNESCO, no âmbito da inscrição do Centro Histórico da capital do antigo Reino do Kongo na Lista do Património Mundial.

O festival contará com a participação de agentes culturais de Angola, Congo Brazzaville, República Democrática do Congo e do Gabão, integrantes do antigo Reino do Kongo.

Para as festividades estão confirmadas as participações de Sam Mangwana, Banda FM, João & Lina Alexandre, Eduardo Paim, Chana Vice, Kyaku Kyadaff, Júlio Gil, Yembe, Rui Kyame, Waldemar Bastos, Ricardo Lemvo, Dodó Miranda, Socorro, Nsimba Reoboth, Irmã Joly, Lutchana Mobulu, W King, Noite&Dia, Walter Ananaz.

A representar a República do Congo estará o músico Roga Roga, para além de outros nomes.  

A iniciativa do Governo de Angola visa celebrar o segundo aniversário da elevação da cidade de Mbanza Kongo a Património da Humanidade. 

Mbanza Kongo, capital do antigo Reino do Kongo, é detentora de um património material e imaterial excepcional. A cidade foi inscrita na lista do Património Mundial da Unesco a 8 de Julho de 2017, durante a 41ª Sessão do Comité deste órgão, que decorreu na cidade de Cracóvia, Polónia.

Attachments

Related

PARLAMENTO DE ANGOLA

Visitar
 

BANCO NACIONAL DE ANGOLA

Visitar
 

LINKS ÚTEIS

Visitar