X

Notícias

23ago

Angola mantém elefante sob protecção "apertada"

Social | | Return

A ministra do Ambiente de Angola, Paula Francisco, informou, esta quinta-feira, em Genebra, que o país mantém mantém o elefante africano no Anexo I da Convenção sobre o Comércio Ilegal das Espécies da Fauna e Flora Selvagem em vias de extinção (CITES), contrariando a intenção de alguns países da SADC.

A frente da delegação multisectorial que participa na 18ª Conferência das Partes sobre Comércio Ilegal das Espécies da Fauna e Flora Selvagem em Vias de Extinção, Paula Francisco  reafirma a posição em não “recuar”, justificando que a protecção dos elefantes constitui uma das principais bandeiras  deste evento e de Angola.

A proposta da transferência do elefante africano do Anexo I para II, que  está a ser discutida em sessão plenária desta conferência, foi apresentada pela Namíbia,  Botswana, Zâmbia, África do Sul e Zimbabwe, que justificam a existência de excesso desta espécie.

“Angola continua firme  em manter-se no Anexo I e propõem-se  a ser o receptor natural da imigração dessa espécie”, reafirmou a governante.

Angola, afirmou a ministra, só agora começa a observar a sua fauna e flora, razão pela qual vai implementar programas e  acções  nos vários parques nacionais, entre as quais trabalhos de investigação científica com envolvência de especialistas nacionais e estrangeiros.

Os países da região, de acordo com a governante, sabem a posição de Angola e apela aos demais governos no sentido de trabalharem numa única voz  para manter África cada vez mais unida.  

Attachments

Related

PARLAMENTO DE ANGOLA

Visitar
 

BANCO NACIONAL DE ANGOLA

Visitar
 

LINKS ÚTEIS

Visitar