X

Notícias

27set

Autores de queimadas serão responsabilizados

| Return

Os ministérios do Ambiente e da Agricultura e Florestas repudiam a prática de queimadas que provocam o desmatamento da floresta do Cumbira, localizado no coração da Serra com o mesmo nome, na província do Cuanza Sul, e prometem medidas para sancionar os prevaricadores.

Em nota enviada hoje (sexta-feira) à Angop, o ministério do Ambiente refere que o desmatamento de forma arbitrária, fruto das queimadas, é crime ao ambiente e que os dois departamentos ministeriais prometem recorrer aos órgãos afins para desencorajar atitudes que destroem o património natural e ambiental que aos angolanos pertence.

Neste sentido, as direcções dos ministérios  do Ambiente e da Agricultura e Florestas repudiam a atitude assumida por populares que de forma irresponsável têm ateado fogo que atenta contra a flora, fauna e as comunidades na periferia deste importante património natural.  

A floresta do Cumbira é de valor inestimável para o país devido à sua importância  no sequestro de carbono, bem como pela riqueza  em diversidade biológica que em muito contribui para o equilíbrio ecológico, importante para a vida humana, lê-se na nota.

A referida mata espessa concorre a uma das novas áreas de conservação para a protecção da fauna e da flora. 

Attachments

  1. 1568569387_fogo.jpg 27/09/2019 13:59:47

Related

PARLAMENTO DE ANGOLA

Visitar
 

BANCO NACIONAL DE ANGOLA

Visitar
 

LINKS ÚTEIS

Visitar