X

Notícias

09out

Agogo1 começa a produzir petróleo em Dezembro

Economia | | Return

O poço Agogo1, descoberto em Março último no Bloco 15/06 no offshore angolano, inicia a produção comercial de petróleo a partir de Dezembro deste ano, anunciou nesta terça-feira, o presidente do Conselho de Administração da ENI, Claudi Descalzi.

A Entidade falava à imprensa no final de uma audiência com o Presidente da República, João Lourenço, com quem abordou questões ligadas aos investimentos da multinacional no sector de petróleo e gás, bem como o estado dos negócios da ENI em Angola.

O Agogo1 faz parte de um grupo de oito perfurações de sucesso feitas pela ENI nos últimos anos no referido bloco, com reservas estimadas em dois mil milhões de barris.

O gestor da petrolífera de origem italiana disse que outros projectos específicos no sector de petróleo e gás, em Cabinda Norte no Bloco 1/14, já estão em exploração.

No quadro do projecto Cabinda Norte, foram analisados os projectos de desenvolvimento sustentável para a comunidade local. O mesmo abarca as áreas da agricultura, água potável, conservação de florestas, educação, formação e o acesso à energia de fontes renováveis.

“É um projecto que já estamos a realizar no Sul de Angola e que pretendemos levar para o Norte, especificamente para Luanda e Cabinda”, declarou.

Previstos para 2020, os projectos estão avaliados em dez milhões de dólares.

No Bloco 15/06, a ENI opera dois projectos de desenvolvimento de petróleo, o Pólo Oeste e o Pólo Este, que têm um produção actual de cerca de 155,000 barris de petróleo por dia. A ENI é também operadora do Bloco Cabinda Norte, localizado no onshore de Angola.

Claudi Descalzi falava à imprensa no final de uma audiência com o Presidente da República, João Lourenço, com quem abordou questões ligadas aos investimentos da multinacional no sector de petróleo e gás, bem como o estado dos negócios da ENI em Angola.

O Agogo1 faz parte de um grupo de oito perfurações de sucesso feitas pela ENI nos últimos anos no referido bloco, com reservas estimadas em dois mil milhões de barris.

O gestor da petrolífera de origem italiana disse que outros projectos específicos no sector de petróleo e gás, em Cabinda Norte no Bloco 1/14, já estão em exploração.

No quadro do projecto Cabinda Norte, foram analisados os projectos de desenvolvimento sustentável para a comunidade local. O mesmo abarca as áreas da agricultura, água potável, conservação de florestas, educação, formação e o acesso à energia de fontes renováveis.

“É um projecto que já estamos a realizar no Sul de Angola e que pretendemos levar para o Norte, especificamente para Luanda e Cabinda”, declarou.

Previstos para 2020, os projectos estão avaliados em dez milhões de dólares.

No Bloco 15/06, a ENI opera dois projectos de desenvolvimento de petróleo, o Pólo Oeste e o Pólo Este, que têm um produção actual de cerca de 155,000 barris de petróleo por dia. A ENI é também operadora do Bloco Cabinda Norte, localizado no onshore de Angola.

Attachments

Related

PARLAMENTO DE ANGOLA

Visitar
 

BANCO NACIONAL DE ANGOLA

Visitar
 

LINKS ÚTEIS

Visitar