X

Notícias

09out

Expoindústria/2019: Condições criadas para arranque da 4ª edição

Economia | | Return

A montagem dos stands que vão acolher os mais de 300 expositores da 4ª edição da Expoindústria, a ter lugar a partir desta quarta-feira, na Zona Económica Especial (ZEE) Luanda/Bengo, está concluída.

A exposição, que já criou 250 empregos temporários, é uma parceria entre o Ministério da Indústria e a Eventos Arena.

O porta-voz da Expoindústria, Cláudio Moreira, disse hoje à Angop estarem inscritas empresas nacionais dos sectores de produção de Cereais, Carnes, Algodão, Tabaco, Açúcar, Cerveja, Cimento, Madeira e Mobiliário.

A feira vai acolher também empresas dos sectores de refinação de Petróleo, pneus, fertilizantes, celulose, vidro, aço, sabão, sal, enchidos, lacticínios, sumos, refrigerantes, água mineral, tintas e vernizes, papel, cartão plásticos e varões de aço, indústria transformadora e material de construção civil.

Em termos de representação no evento, informou que vão participar da exposição empresas das províncias do Bengo, Benguela, Namibe, Huila, Cuando Cubango, entre outras.

A propósito, o presidente do conselho de administração do Grupo Arena Eventos, Bruno Albenaz, afirmou que a exposição constitui uma “mola impulsionadora” para os empresários dinamizar as actividades no país.

Acrescentou que este acto vai estimular os investidores a fazer da indústria um factor decisivo para a promoção da produção nacional.

A decorrer sob lema sob o lema “Mais Indústria, mais emprego, mais Angola”, a Expoindústria 2019 promete superar as edições anteriores.

A Expoindústria é, ao longo das várias edições, a maior montra da indústria em Angola, com o objectivo de promover as potencialidades económicas e industriais do país, na perspectiva de contribuir para diversificar a economia nacional, substituir as importações e aumentar as exportações, reduzindo o desemprego e a pobreza.

Para este ano, a projecção é 15 mil visitantes, numa exposição a ser realizada numa área bruta de 28 mil metros quadrados.

Os bilhetes estarão a venda no valor de mil kwanzas e as entradas serão grátis para estudantes universitários que apresentarem cartão e bilhete de identidade válidos e crianças até aos 14 anos desde que acompanhadas por um adulto.

Em 2018, a exposição contou com a participação de 200 empresas.

Attachments

Related

PARLAMENTO DE ANGOLA

Visitar
 

BANCO NACIONAL DE ANGOLA

Visitar
 

LINKS ÚTEIS

Visitar