X

Notícias

09ago

Diplomatas angolanas preocupadas com Impacto da COVID em África

Social | | Return

A Embaixada de Angola na República Federal da Alemanha realizou neste sábado uma  vídeo-conferência para falar o sobre “O Impacto da COVID-19 na vida das Mulheres Africanas”. O objectivo foi mobilizar potenciais embaixadores/as e recursos de apoio às famílias vulneráveis em África.

A Embaixadora Balbina da Silva promotora do evento ao introduzir o tema homenageou às mulheres guerreiras que em meio às inúmeras dificuldades conseguem dar o melhor às respectivas famílias e a sociedade.

Sob o lema “Juntas seremos mais fortes na luta pela emancipação da mulher africana”, convidou às homólogas africanas e em particular às angolanas a encetarem contactos, para juntas minimizarem os problemas que afectam África, investindo em primeiro plano na educação da mulher para construção de uma sociedade mais justa.

Em duas horas foram abordados quatro temas relacionados aos Impacto da pandemia, que afectam severamente a vida da mulher, como o desemprego e a violência doméstica, apresentado por Emília Gazola, Secretária Executiva da OMA na Alemanha.

Da Embaixadora Fátima Jardim, destacada em Roma e que representa Angola junto das Organizações das Nações Unidas na Itália, ouviram-se experiências sobre a “Resiliência do Sistema Alimentar em África como resposta à Pandemia. A embaixadora que dirigiu por longos anos os Ministérios das Pescas e Ambiente de Angola, falou sobre os factores de Insegurança alimentar, associada às crises económicas, sociais, e aos conflictos de vária ordem que desintegram às famílias no continente africano.

Fátima Jardim deu-nos a conhecer as acções de Angola como presidente do Fundo de Solidariedade Africana, que alocou há dois meses uma doação de 1milhão de dólares, para o combate à praga de gafanhotos. Para ela, acabar com as queimadas que provocam a infertilidade dos solos, a protecção da Biodiversidade e a promoção das energias renováveis e limpas são algumas medidas vitais para redução da fome no mundo.

Sobre a experiência africana de Segurança alimentar, Protecção Social e Combate à Pobreza face a COVID-19, falou a Embaixadora e Comissária da União Africana para a Economia Rural e Agricultura, Josefina Sacko, que na ocasião apontou possíveis saídas para a crise alimentar em África.

No seu entender, a curto prazo, os Estados africanos devem pautar pelo cumprimento dos “Objectivos da Declaração de Malabo para o ano 2025”, criar empregos dignos para às mulheres e promover o acesso equitativo à terra.

Em relação a “Estratégia e Mobilização de Recursos para a Implementação da resposta Pós COVID”, a Deputada Josefina Pitra Diakité aconselha um maior comprometimento dos Estados com os acordos internacionais assinados em todos dos domínios da vida e  a implementação da declaração de Malabo numa perspectiva Macro, com realce para agricultura, sem descurar o género na cabimentação orçamental dos países africanos.

Ao evento juntaram-se outras vozes, no intuito de contribuir para a criação de uma plataforma solidária de Embaixadoras, não só as oficiais, mas de todos que se predisponham a apresentar soluções e angariar fundos para dar resposta aos problemas que afligem as sociedades mais vulneráveis.

Entre os mais de 70 conferencistas, estiveram Embaixadoras Africanas e mulheres de organizações políticas, empreendedoras, Convidadas e homens que se solidarizam com a causa.

 

Attachments

  1. thumbnail_20200809_133726.jpg 09/08/2020 23:49:14

Related

 
Avisos Consulado

Pela presente, o Sector Consular da Embaixada de Angola na República Federal da Alemanha, informa que, doravante, no acto de tratamento de questões de natureza consular, procederemos ao uso do termómetro de medição da temperatura, o uso obrigatório da máscara,  desinfectantes (Álcool-Gel), bem como o distanciamento de pelo menos de um (1) metro e meio no contacto com as pessoas .

Augurando por dias melhores, cordialmente nos despedimos.

Berlim, aos 22 de Junho de 2020.-  

Reclamções e consultas do Sector Consular  ligar para +491602019523

PARLAMENTO DE ANGOLA

Visitar
 

BANCO NACIONAL DE ANGOLA

Visitar
 

LINKS ÚTEIS

Visitar