X

Notícias

16set

Quibala interligada à rede de energia

Social | | Return

O município da Quibala, província do Cuanza Sul, passou a estar interligada à rede nacional de energia eléctrica, com a entrada em funcionamento, nesta quarta-feira, de uma subestação móvel, através de uma linha de alta tensão a partir do sistema eléctrico norte (Laúca).

 

A subestação, que ocupa uma área de 2.400 metros quadrados, tem uma capacidade de 220/30 KV- 10 MVA, alimentada por uma linha de alta tensão ligada a subestação do Wacu Cungo.

A distribuição para a população local e fazendas está a ser feita através de cinco postos de transformação (PT). 

Actualmente cerca de 3200 consumidores já estão ligados à rede pública de energia, num projecto instalado em seis meses em que o governo desembolsou dois milhões e 500 mil dólares.

Com a entrada em operações desta unidade, a província do Cuanza Sul passa a ter nove subestações de energia eléctrica, poupando ao governo 60 mil litros de combustível/mês e mais de 50 mil dólares/mês com manutenção dos geradores.

Após a inauguração, o ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, disse que o desafio do seu pelouro para a província do Cuanza Sul passa pela instalação na Quibala de uma outra subestação eléctrica com carácter definitivo, com uma capacidade para 60 Kilovolts.

“Pela primeira vez, julgamos em toda a história, a Quibala tem energia eléctrica da rede nacional, depois de ter vivido muitos anos com grupos geradores, causando altos custos em combustível e manutenção”, afirmou o ministro.

O governante apontou como próximos passos a conclusão das obras de electrificação do município do Mussende, além de encontrar soluções para os municípios do Ebo, Quilenda, Seles e Conda, para que até 2022 tenham energia da rede nacional.

Para o governador provincial do Cuanza Sul, Job Capapinha, as obras vão ajudar a melhorar a vida da população local, tendo solicitado aos munícipes da Quibala a conservarem o bem.

Attachments

Related

 
Avisos Consulado

Pela presente, o Sector Consular da Embaixada de Angola na República Federal da Alemanha, informa que, doravante, no acto de tratamento de questões de natureza consular, procederemos ao uso do termómetro de medição da temperatura, o uso obrigatório da máscara,  desinfectantes (Álcool-Gel), bem como o distanciamento de pelo menos de um (1) metro e meio no contacto com as pessoas .

Augurando por dias melhores, cordialmente nos despedimos.

Berlim, aos 22 de Junho de 2020.-  

Reclamções e consultas do Sector Consular  ligar para +491602019523

PARLAMENTO DE ANGOLA

Visitar
 

BANCO NACIONAL DE ANGOLA

Visitar
 

LINKS ÚTEIS

Visitar