X

Notícias

01mar

Huambo pode albergar primeira Escola Nacional de Jornalismo

| Return

A garantia foi dada logo após o governador da província, João Baptista Kussumua, sugerir a conversão do futuro Centro Regional de Formação de Jornalistas, em construção desde 2014, em Escola Nacional.

O ministro, que na sexta-feira vai visitar as obras, prometeu, também, encontrar uma solução imediata para que os trabalhos de construção, paralisados desde 2016, sejam retomados e concluídos, tendo em conta o interesse do Ministério da Comunicação Social.

Na mesma ocasião, João Melo deu a conhecer estarem em curso iniciativas tendentes à assinatura, em breve, de acordos de cooperação com universidades nacionais, para abertura de cursos de pós-graduação em jornalismo.

Informou que o curso de pós-graduação visa melhorar o domínio das técnicas de redação dos distintos géneros jornalísticos, elevar o nível de cultura geral dos jornalistas, domínio da Geografia, da Língua Portuguesa, da Literatura, da História universal e das ideias.

A médio prazo, segundo o ministro da Comunicação Social, o que se pretende é condicionar o acesso dos jornalistas às redacções mediante a frequência de um curso de pós-graduação, a exemplo do que, segundo ele, ocorre com outras profissões em que não basta ter uma licenciatura.

A futura escola nacional de jornalistas vai funcionar nas infra-estruturas que estavam a ser construídas para albergar o Centro Regional de Formação Jornalística, no bairro Makolokolo, seis quilómetros do centro da cidade do Huambo.

Até a altura em que as obras paralisaram, em 2016, o grau de execução física situava-se na ordem dos 30 porcento e 47 de execução financeira, sendo que 2017 seria o ano da inauguração .

A parte já executada compreende a construção da estrutura base dos edifícios do complexo escolar, do internato, dos estúdios e do refeitório, assim como os trabalhos das redes de infra-estruturas.

O imóvel terá 16 salas de aulas, para 670 alunos, e contempla também uma secretaria-geral, salas de professores, de reuniões, gabinetes de apoio e de coordenação.

Terá ainda estúdios de rádio, de televisão e fotografia, sala de gravação, de informática, sala de redacção, área técnica, de montagem completa, de montagem simples e de maquilhagem, que servirão para os formandos aliarem a teoria à prática.

A infra-estrutura terá 87 dormitórios, auditório para 300 pessoas, restaurante com uma esplanada para 340 pessoas, anfiteatro aberto, biblioteca, casas de passagens do tipo T4, quadras desportivas e um edifício técnico.

O projecto de construção do imóvel, uma iniciativa do Ministério da Comunicação Social, contempla igualmente um posto médico, arruamentos, espaços verdes, tratamentos de águas residuais, parque de estacionamento com a capacidade para 100 viaturas e 4,90 quilómetros de guias de betão/lancil.

As obras do empreendimento, que vai ocupar uma área de 78.141 metros quadrados, estão orçadas em dois bilhões, 483 milhões, 106 mil e 869 Kwanzas e 93 cêntimos.

Related

 
Avisos Consulado

Pela presente, o Sector Consular da Embaixada de Angola na República Federal da Alemanha, informa que, doravante, no acto de tratamento de questões de natureza consular, procederemos ao uso do termómetro de medição da temperatura. Importa referir, que a medida em referência, não retira o uso obrigatório da máscara,  desinfectantes (Álcool-Gel), bem como o distanciamento de pelo menos de um (1) metro e meio no contacto com as pessoas .

Augurando por dias melhores, cordialmente nos despedimos.

Berlim, aos 22 de Junho de 2020.-  

Reclamções e consultas do Sector Consular  ligar para +491602019523

PARLAMENTO DE ANGOLA

Visitar
 

BANCO NACIONAL DE ANGOLA

Visitar
 

LINKS ÚTEIS

Visitar