X

Notícias

22mai

CITIC investe USD 40 milhões na fábrica de alumínio

Economia | | Return

A unidade fabril permitiu criar 300 postos de trabalho e torna-se numas das maiores produtoras de perfis de alumínio para construção civil no país.  

Na cerimónia, o presidente da Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações (Aipex), Licínio Vás Contreiras, disse esperar que o projecto cubra uma grande parte das necessidades do mercado nacional, contribuindo deste modo na redução das importações de perfis de alumínio e similares, de modo a aliviar a pressão sobre as reservas cambiais do país.

Embora a primeira fase contempla a importação da matéria-prima, concretamente lingotes de alumínio, o gestor salientou que o projecto prevê para a segunda fase o processamento de sucata, o que vai reduzir drasticamente as necessidades de importação da matéria-prima e induzir de forma indirecta a criação de centenas de postos de trabalho.

O presidente da AIPEX espera que a CITIC continue a apostar na economia angolana e que possam participar activamente no processo de diversificação da economia angolana, com realce para os sectores da agricultura, indústria de processamento alimentar, máquinas e equipamentos agrícolas e através de criação de mecanismos práticos e eficientes ajude a estabelecer parcerias entre empresas angolanas e chinesas no âmbito do desenvolvimento de projecto no sector produtivo.

Na sessão de inauguração, o embaixador da China em Angola, Gong Tao, sublinhou ser a maior fábrica de perfis de alumínio em Angola, dotada de tecnologia moderna e um dos maiores projectos das empresas chinesas em Angola.

Segundo o embaixador, nos últimos anos, as empresas chinesas realizaram uma série de investimento em Angola, envolvendo as áreas de agricultura, processamento, montagem de automóvel, materiais de construção e outros.

Gong Tao adiantou que o investimento da China aperfeiçoa a cadeia industrial e contribui gradualmente para o desenvolvimento socioeconómico de Angola, uma vez que as empresas chinesas permitem a criação de empregos e de formação, ajudando Angola a mitigar os problemas de desempregos.

“O investimento é uma força motriz para o desenvolvimento económico do país. A China está satisfeita com os esforços empreendidos pelo governo angolano para melhorar o ambiente de negócio, atrair investimento, promover a reforma da economia”, disse.

Assegurou que a China está disposta a partilhar experiências com Angola, promovendo a implementação de projectos semelhantes.

Já o administrador executivo da ZEE, Carlos Neto André, referiu que a zona constitui uma importante plataforma institucional para a concretização de investimentos e continuará a desempenhar um papel central no apoio do esforço do Executivo visando a concretização de investimentos privados, contribuindo assim para o crescimento económico.

Segundo Carlos Neto André, a fábrica obedece aos objectivos que consta no Plano de Desenvolvimento Nacional 2018-2022, cujas medidas de políticas e acções visam a melhor da situação económica e social, orientadas para a estabilidade macroeconómica, para o crescimento económico e geração de empregos.

A CITIC Alumínio Angola Co, Lda é uma empresa diversificada com foco principal na fabricação de aço e começa o seu funcionamento como maior produtor de perfis de alumínio em Angola, com uma produção anual de 10 mil toneladas de vários tipos de perfis de alumínio para construção.

O investimento para esta unidade fabril foi aprovado a 19 de Abril de 2017 pela extinta Unidade Técnica para o Investimento Privado – UTIP e visa a construção de uma unidade fabril que incluí no seu objecto o processamento de sucata com vista a produção de perfis de alumínio.

A fábrica vai produzir perfis de alumínio para uso na construção civil, incluindo materiais de revestimento em pó e produtos de processamento para produção de portas e janelas.

Related

 
Avisos Consulado

Pela presente, o Sector Consular da Embaixada de Angola na República Federal da Alemanha, informa que, doravante, no acto de tratamento de questões de natureza consular, procederemos ao uso do termómetro de medição da temperatura, o uso obrigatório da máscara,  desinfectantes (Álcool-Gel), bem como o distanciamento de pelo menos de um (1) metro e meio no contacto com as pessoas .

Augurando por dias melhores, cordialmente nos despedimos.

Berlim, aos 22 de Junho de 2020.-  

Reclamções e consultas do Sector Consular  ligar para +491602019523

PARLAMENTO DE ANGOLA

Visitar
 

BANCO NACIONAL DE ANGOLA

Visitar
 

LINKS ÚTEIS

Visitar