X

Notícias

05jun

Sonangol vai alienar 72 empresas do grupo

Economia | | Return

Setenta e duas empresas subsidiárias do Grupo Sonangol serão alienadas em breve, no âmbito do processo de reestruturação em curso na companhia, anunciou nesta terça-feira, em Luanda, o presidente do Conselho de Administração da petrolífera nacional, Sebastião Pai Querido.

De acordo com o gestor, pela especificidade de algumas empresas, será a própria Sonangol a conduzir o processo de alienação, sempre tendo em conta o critério e os princípios aprovados pela estrutura do Estado que está a coordenar esta actividade.

A venda dessas empresas do Grupo Sonangol enquadra-se num processo mais abrangente do Governo, que pretende privatizar uma boa parte das empresas com capitais públicos, via Bolsa de Valores, uma iniciativa que está a ser conduzida pelo Instituto de Gestão de Activos e Participação do Estado (IGAPE).

Sebastião Pai Querido disse esperar que, com esse processo, os resultados financeiros possam ser revertidos a favor do reforço da posição financeira da empresa, de modo a evitar que a Sonangol recorra a outros meios para ter fundos para conduzir a actividade.

Segundo o presidente, que falava na Conferência "Angola Petróleo e Gás", aberta pelo Presidente da República, João Lourenço, com a separação da função de concessionária, a empresa tem estado a identificar e seleccionar aqueles activos que fazem parte da actuação principal da Sonangol.

A alienação está inserida no processo de regeneração que começou em 2018, em função do Programa de Reestruturação da Sonangol, no quadro do ajustamento da organização do sector dos petróleos.

O referido programa tem como objectivo tornar a Sonangol mais competitiva e rentável, com foco na cadeia primária de valor (pesquisa, prospecção, exploração e refinação de petróleo), observando padrões internacionais de qualidade, saúde, segurança e meio ambiente.

Contribuir para a melhoria do desempenho do sector petrolífero em Angola, impulsionar e intensificar a actividade para substituição de reservas e aumento da produção de hidrocarbonetos, a médio e longo prazos, assim como promover a prospecção, pesquisa, desenvolvimento e produção de gás natural, para garantir a disponibilidade para utilização interna e exportação, constam ainda dos objectivos.

Pretende-se com a regeneração da empresa promover o aumento da quota de produção interna de petróleo bruto, reforçar o papel da Sonangol Pesquisa e Produção, de modo a torná-la mais eficiente, e fomentar e incentivar o desenvolvimento de uma indústria nacional robusta de suporte ao sector petrolífero.

O programa de reestruturação vai permitir aumentar a capacidade interna de produção de refinados, para reduzir a dependência das importações e consolidar a integração dos negócios de refinação, transporte, armazenagem e comercialização de produtos refinados, com foco na promoção da eficiência e na liberalização do mercado de combustíveis.

Attachments

Related

 
Avisos Consulado

Pela presente, o Sector Consular da Embaixada de Angola na República Federal da Alemanha, informa que, doravante, no acto de tratamento de questões de natureza consular, procederemos ao uso do termómetro de medição da temperatura. Importa referir, que a medida em referência, não retira o uso obrigatório da máscara,  desinfectantes (Álcool-Gel), bem como o distanciamento de pelo menos de um (1) metro e meio no contacto com as pessoas .

Augurando por dias melhores, cordialmente nos despedimos.

Berlim, aos 22 de Junho de 2020.-  

Reclamções e consultas do Sector Consular  ligar para +491602019523

PARLAMENTO DE ANGOLA

Visitar
 

BANCO NACIONAL DE ANGOLA

Visitar
 

LINKS ÚTEIS

Visitar