HOMENAGENS MARCAM A EDIÇÃO 2021 DO CARNAVAL

Fev 24, 2021

O Carnaval de Luanda é uma festividade popular ocorrida anualmente nos dias de Carnaval em Luanda, capital de Angola. 

De início, o carnaval constituía uma festa inteiramente espontânea, organizada por associações dos bairros de Luanda que, ao seu total alvitre, escolhiam os ritmos e percursos a serem executados pelos grupos por elas encabeçados. 

Mais recentemente, em especial a partir de 1987, o carnaval luandense ganhou contornos mais distinguíveis, em razão do reconhecimento oficial da festa pela municipalidade. A partir de então, a Marginal de Luanda tornou-se o centro para onde confluíam todos os grupos carnavalescos, que competiam entre si no dia de carnaval pelo título de melhor do ano, prática que persiste até hoje.

Sem o desfile público, devido à Covid-19 e observando as medidas de biossegurança, a 43ª edição do Carnaval na província da Huíla ficou marcada com a cerimónia de homenagem aos grupos com tradição nas participações da maior manifestação popular a decorrer hoje, cidade do Lubango, na província da Huíla.

O chefe de departamento da acção cultural do gabinete provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos na Huíla, Bernardino Gabriel, que prestou a informação ao Jornal de Angola, disse que o acto vai decorrer no largo da antiga estação dos Caminhos de Ferro de Moçâmedes, na cidade do Lubango.

Explicou que vão ser homenageados mais de seis grupos nas categorias de adultos e infantis pelo contributo que têm dado em prol da festa popular na província ao longo dos 43 anos. Em adultos, particularizou, dentre vários, vão ser homenageados o grupo Ouro Negro-Tundavala do Lubango, Epata Lituima da Humpata e grupo carnavalesco Ferrovia B, este ultimo o mais antigo.

Bernardino Gabriel indicou que o evento vai decorrer a céu aberto observando-se as medidas de biossegurança. Adiantou que vão ser homenageadas, também, as individualidades que se notabilizaram ao longo de várias edições do carnaval.
“Vamos homenagear, também, as melhores canções, rainha e comandante”, disse. Acrescentou que além das homenagens, a 43ª edição do Carnaval 2021 fica marcada com a abertura de uma exposição fotográfica que retrata variadas edições do desfile provincial.

Esclareceu que a exposição vai estar, ao longo do mês de Fevereiro, colocada, além do largo do antigo Caminho de Ferro de Moçâmedes,  também  no largo da Sé Catedral, jardim do rio Mukufi e em alguns centros comerciais da cidade do Lubango.  A exposição fotográfica, disse, vai decorrer até finais do mês em curso.

O objectivo é mostrar o que já foi feito na província.O Carnaval atrai multidões e a decisão do Governo de evitar a realização do desfile popular está a evitar a propagação da Covid-19. A decisão visa salvaguardar o bem vida.
“O Carnaval congrega milhares de pessoas. O vírus da Covid-19 é propagado em função do contacto. A não realização é uma medida que contribui para o controlo da sua propagação. O Executivo tomou  a boa medida de não realização do Carnaval”, disse.
A Huíla controla mais de 80 grupos carnavalescos, dentre adultos e infantis.

Saiba mais aqui.

AVISO: Devido à pandemia Covid-19, visite-nos apenas com marcação prévia: +49 30 240 89 70. Se vai viajar para Angola, consulte Formulário de Registo de Viajem