EMBAIXADORA DE ANGOLA NA ALEMANHA, DEFENDE IMPLEMENTAÇÃO URGENTE DOS ACORDOS EM CARTEIRA ENTRE OS DOIS PAÍSES

Mar 1, 2021

A Embaixadora de Angola na Alemanha, Balbina Malheiros Dias da Silva, em entrevista cedida à RTP África, no passado dia 24 de Fevereiro, falou sobre a vida da Comunidade angolana na Alemanha. A nível social, falou sobre o processo de emissão de documentos dos imigrantes angolanos e, no que concerne à cooperação entre os dois países, defendeu a implementação dos acordos em carteira.

As relações Político – Diplomáticas entre Angola e Alemanha, datam de longos anos, isto é; desde a República Democrática Alemã até a atual República Federal da Alemanha.

Mais de trinta e três acordos, entre os dois países, foram criados no âmbito da ”Declaração Comum de Intenções”, que foram intensificados com as visitas do presidente angolano João Lourenço à Alemanha e da chanceler Ângela Merkel à Angola.

O atual governo iniciou desde 2017 o processo de reforma que visa promover o investimento externo e aumentar a competitividade. Para o efeito, foram tomadas medidas para melhorar o ambiente de negócios, reduzir a dependência do petróleo e atrair o investimento estrangeiro para outros sectores económicos do país.

”Temos angolanos em todas as esferas sociais da Alemanha. Os angolanos aqui não dependem apenas do governo local mas, também trabalham e contribuem para o desenvolvimento económico do país. Temos orgulho dos nossos cidadãos que por mérito próprio conseguiram fazer carreira profissional e são hoje bem sucedidos nas suas áreas de actividade. Temos médicos, engenheiros, professores e por aí vai.” Disse.

Na entrevista, a Embaixadora falou também do apoio social que a Embaixada e Sector Consular, têm dado à Comunidade angolana na Alemanha, tentando assim ajudar a resolver problemas de diversas naturezas que a Comunidade enfrenta. Como é o caso de mortes e doenças.

A morosidade na elaboração dos passaportes, ainda é uma das questões que mais aflige a Comunidade pelo que a Embaixadora respondeu dizendo:

”Os passaportes são emitidos nos Serviços de Migração e Estrangeiros em Angola. A Embaixada envia os processos para a capital angolana, onde são tratados de acordo com a especificidade de cada caso e posteriormente, enviados de volta à embaixada aqui na Alemanha.” A representante de Angola na Alemanha, disse ainda que alguns cidadãos angolanos residentes neste país europeu, trocam ou alteram os respetivos nomes, um facto que tem contribuído para a morosidade no tratamento de alguns passaportes.

Falou também sobre o envio anual de crianças angolanas portadoras de várias deficiências ao Centro Internacional da Paz, em particular neste ano atípico que estamos a viver devido à pandemia do Covid-19.

Veja a entrevista na íntegra aqui no vídeo abaixo.

AVISO: Devido à pandemia Covid-19, visite-nos apenas com marcação prévia: +49 30 240 89 70. Se vai viajar para Angola, consulte Formulário de Registo de Viajem